Pages

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Epoptes: ferramenta para gerenciamento de laboratórios

Desenvolvido com base no antigo sch-scripts, o Epoptes é uma ferramenta que permite o monitoramento e gerenciamento de laboratórios de informática. Atualmente ela é usada na Grécia, sua terra natal, por mais de 250 escolas.
Lançado em 2011, o aplicativo tem suporte a diversas tecnologias, dentre elas: LTSP, XDMCP, NX, thin e fat clients, estações de trabalho independentes, entre outras. Em outras palavras, são poucos os computadores e as tecnologias em que ele não funcionará.
Ele tem visual muito similar a outra conhecida ferramenta do gênero, o italc. No período em que testei o aplicativo, o Epoptes se demonstrou muito mais eficaz que o italc, que apresentou diversos travamentos e fechamentos inesperados
Outro quesito interessante é que o aplicativo está totalmente traduzido para o Português do Brasil. 
Dentre as funcionalidades presentes no aplicativo, estão:

  • Visualizar tela do cliente;
  • Acessar a tela do cliente para auxiliá-lo;
  • Transmitir a tela de um cliente para todos os outros;
  • Desligar/reiniciar clientes;
  • Enviar comandos para os clientes;
  • Bloquear/desbloquear a tela dos clientes.
Além dos recursos citados, existem vários outros. Vale a pena conferir.


                         



Download:

Epoptes


Instalando e configurando o Epoptes no servidor

O aplicativo já está nos repositórios de testes do Ubuntu e do Debian.

Instalação:
Dê dois cliques no arquivo epoptes_0.5.3-1_all.deb em seguida clique em Instalar Pacote

Feito isso, precisaremos definir quais usuários terão permissão para iniciar o aplicativo de gerenciamento no servidor. Para isso, digite a seguinte linha de comando no Terminal, substituindo usuário pelo nome do usuário que poderá acessá-lo.
sudo gpasswd -a usuário epoptes e de Enter(*usuário pode ser professor, Micro-01)

Antes de terminar este tópico, precisaremos do IP do servidor para configuração do(s) cliente(s). Para isso, no terminal digite: ifconfig e de Enter
E, na saída, veja o valor do campo inet end da placa de rede desejada. No meu caso, é 192.168.0.126.

Instalando e configurando o epoptes nos clientes


Os procedimentos desse tópico deverão ser efetuados em todos os clientes.
Dê dois cliques no arquivo epoptes-client_0.5.3-1_all.deb em seguida clique em Instalar Pacote
Agora vamos usar o kate para editar o arquivo de configuração. No Terminal digite:
sudo kate /etc/default/epoptes-client e de Enter (se der erro, instale o editor kate através do adept)
Na linha 7, retire o # da frente da palavra SERVER e substitua o valor depois do = pelo IP do servidor. No meu caso, a linha ficou da seguinte forma: SERVER=192.168.0.126
Onde, como já citado antes, 192.168.0.126 é o IP do meu servidor. Salve e feche o arquivo.
Agora, basta reiniciar o computador , após reiniciar digite a seguinte linha de comando no terminal:
sudo epoptes-client -c
Esse comando irá obter o certificado OpenSSL do servidor.
Finalmente, basta entrar em seu servidor, iniciar o aplicativo epoptes e começar a gerenciar seu laboratório de informática.
Agradecimento: Ubuntu-br-SC


Fonte: http://cezarnte.blogspot.com.br/

Um comentário:

charly diego siqueira disse...

Muito bom, pena que essa ferramenta já não seja configurada por padrão nos laboratórios do pró-info, a conheci agora e sei que nem todas as escolas possuem alguém que possa configura-la.